cpmaffiliation 728 x 90

DUPLICAÇÃO DA AL-110 VAI IMPULSIONAR DESENVOLVIMENTO DE ARAPIRACA


Obras terão impacto em todo Agreste alagoano; 
previsão de conclusão é para maio de 2016
O secretário Mozart Amaral se reuniu com a prefeita Célia Rocha e integrantes do DER, em Arapiraca, para tratar do projeto de duplicação e restauração da AL-110, discutir sobre as desapropriações que serão necessárias e ajustar os alinhamentos obrigatório
O governador Renan Filho assinou no dia 29 de maio, durante a ação Governo Presente, a ordem de serviço para início das obras de aproximadamente 4km de duplicação da Rodovia AL-110, no trecho correspondente ao perímetro urbano de Arapiraca, e restauração de 26,5km do trecho Arapiraca/São Sebastião, uma obra avaliada em R$ 25 milhões.

Arapiraca, que até um certo tempo se destacava exclusivamente por suas extensas plantações de fumo, hoje apresenta uma economia sólida e diversificada. No trecho urbano da duplicação encontram-se atualmente instaladas diversas empresas do setor da construção civil, de autopeças e autocargas. Mais adiante, no mesmo trecho, está localizada a maior parte do Cinturão Verde da cidade, propriedades rurais com base na agricultura familiar de hortaliças e leguminosas que abastecem o mercado interno e externo, inclusive Maceió.

As áreas de entorno que dão acesso ao município estão ocupadas por uma intricada rede de comércio e serviços que contribuem significativamente para o desenvolvimento da região. Todavia, a carência de investimentos deixou alguns subtrechos da malha viária da região em condições inadequadas para tráfego, inibindo o desenvolvimento e limitando avanços no combate às desigualdades regionais.

Com a obra de duplicação e restauração de um trecho total de 30,5km da AL-110, a tendência é de otimização no fluxo de automóveis, mais segurança e valorização de pelo menos 30% para a rede de comércio e serviços de toda a região. Para Mosart Amaral, secretário estadual de Transporte de Desenvolvimento Urbano, Arapiraca vem se desenvolvendo em ritmo acelerado e a infraestrutura da cidade precisa acompanhar com a mesma rapidez o ritmo de crescimento do município.

"Os benefícios que essa obra trará serão muito importantes para toda a região Agreste. Um deles é o de facilitar o tráfego de veículos, já que a rodovia interliga Arapiraca com essas cidades até a BR-101, com outros estados no Nordeste, como Sergipe e Bahia, transformando o trecho em um importante corredor de transporte rodoviário e de mercadorias e serviços", afirmou o gestor.

Movimentação de cargas

De acordo com pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Transportes (CNT), 60% da movimentação de cargas no mercado interno é feita por meio de rodovias, fato que demonstra a dependência da modalidade no transporte de carga no país. As rodovias se constituem hoje em fatores de indução do desenvolvimento econômico, uma vez que a implantação traz facilidades inerentes à acessibilidade, possibilitando ocupação rápida das áreas adjacentes por atividades comerciais logo após a abertura ao tráfego, configurando-se, assim, como fortes vetores de crescimento do tecido urbano das cidades.

"Com o aumento da frota de automóveis na região e, sobretudo, transporte de carga, observada a função estruturante dessa ligação com as áreas centrais, essa rodovia irá desempenhar um papel importante na reestruturação e integração das atividades socioeconômicas da grande Arapiraca, funcionando como agente indutor de um ambiente favorável ao uso comercial e de serviço", salienta Amaral.

Dando continuidade ao andamento do processo do início da obra, o gestor da pasta se reuniu na manhã desta quinta-feira (11), com a prefeita do município Célia Rocha e membros do DER, em Arapiraca, para uma discussão acerca do projeto de duplicação e restauração da AL-110, a fim de debater as desapropriações que serão necessárias e ajustar os alinhamentos obrigatórios para o sucesso da obra, que tem previsão de conclusão para maio de 2016.

"Arapiraca está localizada estrategicamente no centro geográfico de Alagoas. Por isso, mais do que nunca, nós, enquanto Governo do Estado, acreditamos que essa obra vai aumentar consideravelmente a atividade do comércio, da indústria, da agricultura e até do turismo para a região sul do Estado com a reconstrução do trecho Arapiraca-São Sebastião da AL-110. O impacto da obra não será apenas em Arapiraca, mas certamente em toda região Agreste", destacou o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano.

http://www.tribunahoje.com/noticia/144798/interior/2015/06/11/duplicaco-da-al-110-vai-impulsionar-desenvolvimento-de-arapiraca.html